7 de mai de 2017

Morte e/ou vida

Este post também estava na pasta de rascunho, abandonado, resolvi revisa-lo e postar para critica de todos.

Como pode se criar algo e depois simplesmente destruir?

Assim é a vida, Deus a criou, e portanto não a destrói , nem por castigo, pecado, por nada, a vida é simplesmente eterna, para os bons ou mesmo para os maus, pois a bondade ou maldade é relativa no espaço e no tempo e a vida é eterna, portanto não há morte, há sim um desligamento do corpo físico como se você tirasse uma roupa que não serve mais, o espírito é eterno, deixa o corpo, e como o corpo é a única coisa que conseguimos ver, em função de nossa cultura materialista, ficamos desesperados, tristes, mas todos estão aqui entre nós, se ainda não reencarnaram, estão aqui rezando, orando,  mentalizando o bem, não importa a palavra e sim o pensamento de bem, positivo, que estes espíritos emanam em nosso favor.
Estes espíritos se livraram dos corpos físicos, pesados, muitas vezes máquina já desgastadas com o tempo ou com doenças, que no momento nossa medicina e tecnologia ainda não consegue curar.


 Lavoisier (1743-1794)
(31/10/98)Você consegue destruir uma folha de isopor?
Não, você consegue sim transformar esta folha em pedacinhos, carvão, gás, mais cada átomo desta folha ainda existirá, em uma outra matéria, então, nada se destruiu ou se criou, apenas se transformou, segundo Lavosier, um grande cientista do passado. Porque só a vida teria um inicio e um FIM, porque só a vida seria diferente?

E o inferno?
Se para Deus não há punição pois ele tem a grandeza de perdoar, lógico que não existe inferno, a não ser o inferno de cada um, cada um sabe o que é o seu certo e seu errado, então cada pessoa se condena ao seu inferno. Deus deu o livre arbítrio para cada um de nós até para nos condenar ou perdoar.

Portanto se você perdeu alguém querido, não chore pela perda, apenas pelo tempo que você ficará sem ve-lo (a) mas saiba que é muito possível que ele esteja do seu lado lendo estas linhas.




Por outro lado, num local qualquer, num tempo qualquer, um homem com sua arma mortal presa ao corpo, entra em um ambiente cheio de pessoas, inclusive crianças e grita palavras de ordem a favor de sua crença todos o olham estupefatos, em seguida todos só veem escuridão e sentem muita dor, logo em seguida alguns sentem um alívio, se sentem leves e uma criança pergunta para mãe:



-O que houve mamãe
-Não sei meu filho.

Logo chega um senhor e a mãe assustada diz:

- Seu João o que o senhor faz aqui, eu estou vendo coisas
-Não minha filha você e sua família sempre me ajudou, e quando morri fiquei velando por vocês, tentei
avisa-la para não vir aqui hoje, mas muito raramente nós espíritos desencarnados conseguimos contatos com os encarnados, então eu vim recebe-la e a seu filhinho nesta nova fase da sua vida.

Em outro lado daquela cena de destruição, um homem desencarnado fica olhando todos os feridos sofrendo, logo chega um outro desencarnado que fora seu amigo em vida e lhe diz.

-Nós matamos e ferimos muita gente esperando pelo paraíso, mas até agora nada aconteceu fiquei tentando te avisar para não fazer isto porque o paraíso que esperávamos não existe, o que existe é muito sofrimento de ver tantas pessoas feridas sofrendo por nossa causa.

O home não acredita e diz:

-Você esta louco o paraíso vai chegar, eu vou para o lado do nosso Deus, eu matei em nome dele foi isso que meus mestres me disseram.

-Você foi enganado como todos nos, temos que rezar, orar, gerar bons pensamentos para tentar dissuadir outros homens bombas de fazer tanto mal em vão, não existe céu nos ficamos aqui mesmo e nossa missão agora é gerar bons fluidos, bons pensamentos, porque Deus esta muito além de nós.

Nenhum comentário:


Indique este Site para seus amigo, clicando aqui, obrigado :-).