14 de nov de 2009

UNIBAN forma profissionais e turba irracional

Em um país onde se usa biquínis mínimos, aquela ação para mim só vem confirmar minha tese de que o ser humano de forma geral só é inteligente quando só ou com poucos semelhantes juntos, quando o ser humano se junta em uma turba perde a razão e se transforma em animais inferior ao
nossos irmãos cães, cavalos, ratos entre outros. pois aquilo para mim foi a perfeita demonstração da perda completa da razão coletiva, onde algum ou alguns animais dominaram a turba e a transformarão em um monstro sem personalidade e razão. Pena ser numa faculdade onde deveria se formar pessoas com capacidade de pensar de evoluir. Isto demonstra que aquela faculdade pode até transmitir o conhecimento acadêmico mas não forma pensadores e sim células de um organismo irracional chamado turba humana.

Não posso defender a menina pois não vi como ela se comportou, mas se ela foi digna em seus atos, diria pra ela: Seja forte pois quem perdeu a razão foi aquelas pessoas, e diria para ela mudar de faculdade também pelo que já coloquei acima. Se ela provou, só me resta pensar que ela é parte da turba irracional e esta na faculdade certa. Mas o que vai valer a a consciência dela com ela mesmo e com Deus.
Acho que a UNIBAN deveria também procurar formar pensadores independentes e racionais, ainda há tempo de rever os rumos que estão sendo seguidos, punir uma pessoa e achar normal o comportamento da turba é concordar com o irracionalismo.

2 comentários:

Livia Where disse...

Vi umas poucas entrevistas com a garota, li várias matérias e algumas coisas sobre propostas, fotos e, acredito, fofocas que casos assim sempre dão origem (infelizmente). Serginho Groisman anunciou hoje no Twitter a presenta dela em seu programa. Considerando a polêmica causada pelo famigerado vestido "pink", acho que vale a pena assistir. Posso afirmar com muita tranquilidade que não tenho e abomino preconceitos, mas, por tudo que vi, li e ouvi acredito que ela vem alcançando seu objetivo.
Ressalvo, entretanto, que nada disso exime a responsabilidade da Uniban. Resta, agora, desejar que todos os envolvidos repensem suas atitudes, valores, postura e vivam com um pouco mais de discernimento.

Beth Muniz disse...

Muito bom!
Tô te seguindo no blog.
Sabe os envolvidos? Aqueles que de início devem ter pensado que estavam fazendo a coisa certa?
Devem estar morrendo de inveja...
Grande abraço.


Indique este Site para seus amigo, clicando aqui, obrigado :-).